ANAC apura acidente com paraquedistas

Postado em 13 de julho de 2012 · Seção Notícias

Brasília, 11 de julho de 2012. A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) abriu processo administrativo, com base no Código Brasileiro de Aeronáutica, para apurar as possíveis irregularidades referentes ao acidente com paraquedistas em Boituva (SP), que ocorreu na última segunda-feira (09/07). A aeronave modelo Caravan 208 está vinculada a LBK LOCACAO DE AERONAVES LTDA – EPP. e estava sendo pilotada pelo Sr. Douglas Leonardo de Oliveira no momento do acidente.

Segundo o Registro Aeronáutico Brasileiro, a situação da aeronave de matrícula PT-OQR estava regular. O piloto Douglas Leonardo de Oliveira possuía licença para pilotar a aeronave em questão, porém a autorização para lançamento de paraquedistas está vencida desde 2006 e o Certificado Médico Aeronáutico (CMA) inválido desde maio deste ano. Ao final do processo administrativo, as irregularidades encontradas tanto na documentação do piloto, quanto em sua operação, podem gerar multa, suspensão ou cassação de licenças e certificados pela ANAC ao operador da aeronave e piloto.

A ANAC também enviou técnicos para inspecionar os procedimentos operacionais da empresa responsável pelo lançamento dos paraquedistas. A investigação sobre as causas do acidente é feita pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes (CENIPA), da Aeronáutica.

A legislação que dispõe sobre as regras para esse tipo de operação estão publicadas no RBAC n° 105 da ANAC.